Cantora carioca acusa campanha eleitoral de ACM Neto de plágio; ‘Erramos’, responde marqueteiro

mahmundi_e_acm

A cantora Mahmundi, pseudônimo da carioca Marcela Vale, acusa os responsáveis pela campanha eleitoral de ACM Neto à prefeitura de Salvador de plagiar a capa de seu disco, “Mahmundi”, que acaba de ser indicado ao Prêmio APCA como um dos melhores discos de música brasileira de 2016.

Segundo Mahmundi, o gif da campanha eleitoral do candidato, divulgado hoje na página oficial dele no Facebook, segue não só o mesmo conceito da capa do CD dela, como estampa sua foto acompanhada da frase “o prefeito de Cláudia” – em seguida, vêm imagens de outras pessoas e frases como: “o prefeito de Terezinha”, “o prefeito das ‘minas'”, “o prefeito dos ‘brodis'”.

No post que acompanha o gif no Facebook, ACM Neto acrescenta: “De Brotas. De Cajazeiras. De Periperi. Do Rio Vermelho. De Águas Claras. De Mussurunga. Da Ribeira. De Itapuã. De Tubarão. Dos De Coutos. Do Vale das Pedrinhas. Da Cidade Baixa. Da Cidade Alta. Do Subúrbio. Do Centro. O prefeito de toda a cidade”.

“Sou eu ali naquela imagem de que eles se apropriaram para mostrar uma pessoa negra. É muita falta de respeito! Muita gente suou para fazer esse trabalho”, reclama Mahmundi, de 29 anos. “Ainda não sei o que fazer, mas vou tomar todas as providências. Isso não pode ficar assim”.

Procurado pela coluna, ACM Neto disse “não participar da elaboração” do conteúdo de sua campanha, e encaminhou a coluna ao coordenador de marketing de sua campanha,Pascoal Gomes. “Infelizmente aconteceu, assumo meu erro. Lamentavelmente, a imagem foi usada como referência. Peço desculpas e vamos retirar do ar”, afirmou Pascoal.

Fonte: globo.com

Publicado em Plágio de Imagem | Com a tag , | Deixar um comentário

Ed Sheeran é acusado de plágio no hit ‘Thinking out loud’

Herdeiros afirma que canção copia ‘Let’s get it on’, sucesso de Marvin Gaye

60469271_Ed-Sheeran-accepts-the-award-for-Song-of-the-Year-for-Thinking-Out-Loud-at-the-58th-Gra

Herdeiros de Ed Townsend, coautor do sucesso de Marvin Gaye “Let’s get it on”, entraram com um processo contra o músico britânico Ed Sheeran nesta terça-feira. Eles alegam que o hit “Thinking out loud”, do cantor ruivo, copia elementos da faixa de 1973.

De acordo com a queixa apresentada em tribunal do Distrito Sul de Nova York, as progressões harmônicas e os elementos melódicos e rítmicos centrais de “Let’s get it on” formam a estrutura da canção de Sheeran.

“Os acusados copiaram o ‘coração’ do sucesso de Gaye e repetiram continuamente em ‘Thinking (…)’. As cadências melódicas, harmônicas e rítmicas de ‘Thinking’ são substancialmente similares às de ‘Let’s (…)'”, diz trecho da acusação.

Sheeran se tornou um dos artistas britânicos mais vendidos nos últimos dois anos, e escreveu canções para artistas como One Direction, Taylor Swift e Justin Bieber. O processo vem dois meses depois de músicos californianos processarem Sheeran por causa de sua canção “Photograph”, em caso não relacionado.

A família de Gaye foi bem-sucedida em um outro processo, realizado no ano passado, contra Robin Thicke e Pharrell Williams, por causa do hit “Blurred lines”. Eles argumentaram que a canção teria trechos semelhantes a “Got to Give It Up”, e ganharam US$ 7,4 milhões.

Fonte: oglobo.globo.com

Publicado em Plágio de Música | Com a tag , | Deixar um comentário

Katy Perry é acusada de plágio no clipe de “Rise”

3658806600-katy-perry-divulga-novo-trecho-de-rise-e-anuncia-data-de-lancamento-do-clipe-instagram

Depois de finalmente lançar a 2ª versão do tão esperado clipe de “Rise”, Katy Perry está sendo acusada de plágio.

Quem observou o possível plágio foi Kevin Jonas, pai dos Jonas Brothers. Pelo Twitter, ele escreveu: “amei a música nova da Katy Perry, mas o clipe de ‘Rise’ é idêntico ao de ‘Parachute’ de Olivia Somerlyn”.

Junto com o tuíte, ele postou imagens dos dois clipes para mostrar as semelhanças. O música de Olivia foi co-escrita e produzida pela gravadora dos Jonas.

É Plágio? Veja você mesmo as fotos abaixo e tire suas próprias conclusões:

kate

Fonte: uol.com.br

Publicado em Plágio de Clipes | Com a tag , | Deixar um comentário

Artista britânico acusa McDonald’s de plágio

Cyriak Harris criou um vídeo que tem 37 milhões de visualizações. A McDonald’s lançou um anúncio que o artista considera “plágio”.

mc

Um artista britânico acusou a McDonald’s de plagiar um vídeo que criou em 2010. Em causa está um anúncio da cadeia de fast food ao leite com que são feitos os gelados, criado para o mercado sul-americano.

“Surpreende-me a forma com a McDonald’s pagou a alguém para copiar o meu vídeo. Eu não fui sequer pago para fazer o original”, escreveu Cyriak Harris na sua página no Twitter.

O vídeo do artista – que trabalhou com marcas como a Coca-Cola – dá pelo nome de ‘Cows & Cows & Cows’ e conta com 37 milhões de visualizações no YouTube.

“O plágio na indústria publicitária é um problema para os artistas e deveria sê-lo também para os anunciantes, na medida em que dependem um do outro”, explicou ao The Independent.

Para Cyriak Harris, há uma área cinzenta no que toca ao copyright, porque mesmo em  casos em que as influências são evidentes, encontra-se uma forma de contornar a lei.

Fonte: noticiasaominuto.com

 

Publicado em Plágio de Vídeo | Com a tag , | Deixar um comentário

Record acusa SBT de plagiar quadro do programa de Marcos Mion

A Record está alegando que o SBT copiou o “Canjica Show”moin

A disputa entre emissora de TV é sempre muito acirrada e algumas vezes os programas acabam repetindo algumas atrações. Agora a Record está acusando o SBT de plágio.

De acordo com o colunista Flávio Ricco, do ‘UOL’, a Record informou que o programa ‘Legendários’, de Marcos Mion, apresenta o “Canjica Show”, com calouros, e agora foi anunciado que o programa de Celso Portioli no SBT terá um quadro igual.

“O quadro consiste em seis apresentações artísticas variadas, onde três jurados e o auditório irão distribuir notas. No final, aquela que somar a maior nota leva o prêmio em dinheiro de R$ 3 mil”, divulgou a emissora de Silvio Santos.

Ao ver no ar as chamadas deste novo quadro do Portioli, a Record verificou e diz ter certeza que ele não passa de uma cópia descarada do “Canjica Show”.

Se não bastasse isso, os dois programas concorrem no mesmo horário.

Fonte: noticiasaominuto.com.br

Publicado em Plágio na TV | Com a tag , | Deixar um comentário

Record é acusada de plágio em programa de Sabrina Sato

A MTV está acusando a Record de imitar um quadro de um de seus programas

satojpg

A emissora de Edir Macedo está novamente sofrendo suspeitas de plágio por parte de outra emissora. O canal que acha que está sendo “imitado” pela Record é a “MTV Brasil”, como informa Flávio Ricco, do UOL.

A coincidência da vez é por causa de um quadro do “Programa da Sabrina”, que tem algumas semelhanças com o programa “Adotada” da “MTV”, comandado por Maria Eugênia Suconic.

O “Parente por um Dia”, veiculado no programa de Sabrina Sato, repetiu uma pauta em que Maria Eugênia conviveu com uma família circense. Dias depois, Sabrina exibiu o mesmo conteúdo na Record. Vale lembrar que o programa “Adotada” existe desde 2014, e tem essa proposta, de a apresentadora ser “adotada” por uma família a cada episódio.

Ao colunista Flávio Ricco, a Record negou a informação, alegando que o quadro “Parente por um dia” é baseado no “Saindo da Rotina”, apresentado no extinto “Tudo é Possível”, de Ana Hickmann, em 2011.

Vale dizer que internautas também já criticaram a nova possível logomarca da Record, apontando semelhanças com a da Globo, que também é branca atualmente.

Fonte: noticiasaominuto.com.br

 

Publicado em Plágio na TV | Com a tag , | Deixar um comentário

Zara é acusada de plagiar artistas e briga vai parar na Justiça

zara-tuesday

A rede espanhola de roupas, acessórios e calçados Zara tem sofrido diversas acusações de plágio desde a semana passada, quando a artista californiana Tuesday Bassen publicou, em sua conta no Instagram, que a empresa teria copiado seu trabalho.

tuesday

Após acusar a empresa, a artista recebeu a resposta de que ela “não é relevante o suficiente para que clientes associassem seu trabalho às roupas”. De acordo com o portal de notícias sobre moda e cultura FFW, a resposta da rede a Bassen fez com que vários artistas tomassem a iniciativa de denunciar outros casos de plágio supostamente feitos pela Zara.

Apesar da alegação da empresa, Tuesday já realizou diversas produções importantes, tendo colaborado com grandes marcas como Adidas e Urban Outfitters. Coletivos e designers, encorajados pelo relato, começaram a postar trabalhos seus que foram utilizados sem permissão pela empresa.

Eles publicaram as imagens no site Shop Art Theft, criado por Bassen. Nele, já há mais de 40 imagens usadas indevidamente pela Zara, conforme afirma o FFW. A briga foi parar na Justiça e o processo ainda está no início, mas a empresa já bloqueou os artistas nas redes sociais.

Fonte: midiamax.com.br

Publicado em Plágio na Moda | Com a tag , | Deixar um comentário

Mulher de Trump é acusada de plagiar discurso de Michelle Obama de 2008

Donald Trump, provável candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos, apresentou sua mulher, Melania Trump, como “futura primeira-dama”, na Convenção Nacional Republicana. Melania, modelo eslovena naturalizada norte-americana, foi a estrela do primeiro dia da convenção e protagonizou uma polêmica sobre seu discurso, acusado de “plágio”, segundo a Efe.

A apresentação foi feita no primeiro dia da convenção, que começou em Cleveland, Ohio, sob protestos. Trump subiu ao palco ao som da música “We are the champions”, do Queen, no primeiro dia da convenção, quebrando o costume de o provável candidato aparecer apenas no último dia do evento.

O discurso de Melania teve semelhanças com a fala de Michelle Obama de 8 anos atrás, na Convenção Nacional Democrata, quando Barack Obama consolidou sua candidatura à presidência.

A ex-modelo eslovena disse as frases polêmicas ao narrar sua infância na antiga Iugoslávia. “Desde muito jovem, meus pais me inculcaram os valores de que se trabalha duro pelo se que quer na vida, que sua palavra é sagrada e que se deve cumprir o que promete, de que se trata as pessoas com respeito”, disse a esposa do magnata nova-iorquino.

Palavras muito parecidas com as de Michelle em 2008: “Barack e eu fomos educados com valores muito similares: trabalhar duro pelo que se quer na vida, que sua palavra é sagrada e que se cumpre o que promete, que se deve tratar as pessoas com dignidade e respeito”.

melania_michelle2

Melania defendeu em discurso – que ela mesma garantiu ter escrito – que esses valores devem ser transmitidos aos mais jovens para que “as crianças neste país saibam que o único limite a suas conquistas é a força de seus sonhos e o quão estejam dispostos a trabalhar por eles”, uma frase quase idêntica a outra dita por Michelle Obama.

Em outro momento do discurso, a mulher de Trump elogiou as virtudes de seu pai: “sua integridade, compaixão e inteligência se refletem hoje em mim e em meu amor pela minha família e por este país”.

Oito anos atrás, Michelle Obama tinha dito que a “integridade, compaixão e inteligência” de sua mãe se refletiam em suas duas filhas.mulher

Uma vez terminado o discurso e enquanto as primeiras acusações de plágio floresciam pelas redes sociais, Donald Trump elogiou o discurso da mulher em sua conta no Twitter: “foi uma honra apresentar a minha esposa, Melania. Seu discurso e seu porte foram incríveis. Muito orgulhoso”.

Ao mesmo tempo, a maioria dos veículos de comunicação americanos começava a difundir algumas das “surpreendentes similitudes” entre os dois discursos enquanto outros mais ousados, como a “CNN”, já acusavam a esposa de Trump diretamente de “plágio”.

“Pelo menos um dos parágrafos do discurso de Melania Trump é uma cópia do de Michelle Obama na Convenção Nacional Democrata de 2008. A comparação das transcrições mostra que o discurso de Trump segue, quase palavra por palavra, ao da primeira-dama”, ressaltou a emissora.

Antes do discurso, Melania disse à rede de televisão NBC: “Eu o escrevi com o mínimo de ajuda possível”, segundo relato da Reuters.

Fonte: www.paraiba.com.br

Publicado em Plágio de Textos | Com a tag , | Deixar um comentário

Plágios da Nintendo invadem mercado mobile chinês

A China já é bastante famosa por seus produtos pirateados. De smartphone a peças de roupa, não faltam exemplos de produtos que os chineses conseguiram fazer versões alternativas. E, provando que nada é impossível, agora o país começou a recriar também jogos, pegando franquias bastante conhecidas mundo afora e fazendo uma versão própria como se aquilo não fosse um problema.

O mais recente alvo dessa estratégia foi a Nintendo, que viu alguns de seus títulos e personagens ganharem versões não autorizadas para mobile graças aos desenvolvedores chineses. Em Bros, por exemplo, a ideia é fazer uma espécie de clone de Super Smash Bros que mistura cartas, RPG por turnos e heróis de outras franquias. Com um visual que lembra muito a série Mario RPG, o título reúne o mascote da Big N, assim como Mega Man, Wolf Link e Midna, de The Legend of Zelda: Twilight Princess e até Solid Snake, de Metal Gear Solid.

E o mais curioso é que os criadores de Bros nem se dão ao trabalho de maquiar a cópia, como muitos outros estúdios menores fazem. Trata-se de uma cópia na cara dura, usando o mesmo molde dos personagens originais e todas as suas características. O mesmo aconteceu com Sepia Go!, que reproduz tudo aquilo que os jogadores viram no Wii U com Splatoon. Neste caso, o site oficial aproveitou até mesmo as artes oficiais da Nintendo para promover seu conteúdo. Mais do que isso, a própria jogabilidade também foi copiada.

146557.259161-Plagio-China

Diante de toda essa situação, era óbvio que a Big N não estaria nada feliz. Tanto que ela continua caçando qualquer réplica falsa de seus jogos, derrubando até mesmo vídeos no YouTube que possam promove-los. Como o site TechTimes aponta, tem alguém fazendo muito dinheiro em cima do trabalho de décadas da empresa e era óbvio que ela não ia deixar isso barato. Ainda assim, varrer esses plágios do mapa não é algo simples e, sempre que ela consegue acabar com um, surgem tantos outros na sequência.

Só que essa hidra chinesa da pirataria não afeta somente a Nintendo, mas várias outras produtoras. Recentemente, a Blizzard teve de lidar com a mesma situação quando a China decidiu fazer sua própria versão e Overwatch, sob o nome de Legend of Titan. E o plágio é tão descarado que chega a ser difícil acreditar no tamanho da cara de pau.

Fonte: canaltech.com.br

Publicado em Plágio de Imagem | Com a tag , | Deixar um comentário

Filha de Donald Trump é acusada de plagiar sandália de grife

Dona de uma grife de sandálias com o seu nome, Ivanka Trump, filha do candidato à presidência dos Estados Unidos Donald Trump, está sendo acusada de plágio pela Aquazzura, marca de sapatos de luxo que faz sucesso entre celebridades.

A Aquazzura afirma que a herdeira copiou uma de suas sandálias mais populares, o modelo “Wild Thing”. Usado por famosas como Khloé Kardashian e Solange Knowles, o par do sapato custa US$ 785 (cerca de R$ 2.626), enquanto o modelo “Hettie”, lançado por Ivanka, custa US$ 145 (cerca de R$ 485).

“Em busca do mesmo sucesso da Aquazzura, mas sem ter o mesmo trabalho criativo, os acusados resolveram copiar um dos desenhos do queixoso. Os acusados copiaram quase todos os detalhes do conhecido e elogiado sapato Wild Thing”, diz parte do texto do processo.

Ivanka-Trump-Aquazurra-Heel-Copy-Vogue-15March16_b

A empresa fabricante do sapato, Marc Fisher, classificou o processo como “sem fundamento” e “destinado a gerar publicidade”.

“O sapato em questão representa um estilo que está na moda, não é sujeito à lei de proteção à propriedade intelectual e há vários modelos semelhantes feitos por várias marcas importantes. O processo não tem mérito e nós iremos nos defender vigorosamente”, afirmou o chefe do departamento financeiro da Marc Fisher, Matthew Burris.

Não é a primeira vez que a grife de Ivanka Trump se vê envolvida em controvérsias. Apenas dois meses atrás, autoridades americanas determinaram o recall de 20 mil estolas da grife por elas serem possivelmente inflamáveis.

Fonte: oglobo.globo.com

Publicado em Plágio de Design, Plágio na Moda | Com a tag , | Deixar um comentário