Vestido de Noiva usado por Kate Middleton é plágio, reclama inglesa

BRITAIN-ROYALS-ANNIVERSARY-FILES-304

Na semana em que o casamento real faz cinco anos, mais especificamente no dia 29 de abril, uma estilista inglesa Christine Kendall entrou com uma ação na justiça contra Sarah Burton, da grife Alexander McQueen, por considerar que o vestido de noiva de Kate Middleton é uma cópia.

Estilista de uma grife para noivas, ela entrou com uma reclamação formal na Corte de Propriedade Intelectual de Londres. Ela diz, no ofício, que chegou a dar desenhos de um vestido para Kate, o que ela acredita ter servido de inspiração para Sarah Burton finalizar o modelo usado na cerimônia, segundo informações do “Internacional Business Times“.

No entanto, um porta-voz da família real disse que Kate nunca viu nenhum desenho de Christine.

A inglesa faz questão de dizer, no entanto, que essa ação não envolve Kate.

“Essa reclamação não é contra a duquesa”, disse a estilista de Hertfordsdshire, que há 13 meses já havia falado, em um vídeo publicado no Youtube, sobre uma possível cópia.

A grife Alexander McQueen lançou um comunicado comentando a ação:

“Estamos totalmente perplexos. Christine Kendall chegou até nós há quatro anos, e fomos claros que qualquer insinuação de que Sarah Burton teria se inspirado em seus desenhos era um absurdo. Sarah nunca viu nenhuma criação ou rascunho da senhora Kendall antes de ela entrar em contato conosco, 13 meses depois do casamento. Não sabemos por que ela está levantando isso novamente, mas não há “se” ou “porém” nisso: essa reclamação é ridícula”.

Fonte: http://oglobo.globo.com
Publicado em Plágio na Moda | Com a tag , | Deixar um comentário

Dramaturgo acusa Warner de plágio e pede US$ 20 milhões de indenização

ator-cedric-the-entertainer-em-cena-do-filme-um-salao-do-barulho-3-1460445035285_615x300

O filme “Um Salão do Barulho 3″ está previsto para estrear nesta sexta-feira (15) nos cinemas, mas um dramaturgo tenta impedir o lançamento do longa, além de pedir US$ 20 milhões de indenização.Segundo o TMZ, JD Lawrence entrou com um processo contra a Warner alegando que os três filmes da franquia (“Uma Turma do Barulho”,  “Um salão do Barulho 2: Barbeiragem total” e “Um salão do Barulho 3″), possuem semelhanças com a sua  peça “Tesoura”, que ficou em cartaz nos EUA entre 1998 e 2001.

De acordo com dramaturgo, as semelhanças entre os filmes e sua peça incluem trama, personagens e set. Ele garante que Eddie, personagem interpretado por Cedric the Entertainer nos longas da franquia, foi tirado da sua obra.

Dirigido por Malcolm D. Lee (“Todo Mundo em Pânico 5″ ) , “Um salão do Barulho 3″ conta com Ice Cube, Common, Nicki Minaj, Regina Hall, Eve e Cedric The Entertainer  no elenco.

A franquia foi iniciada em 2002 com “Uma Turma do Barulho”, que faturou US$ 77 milhões pelo mundo e deu origem a uma continuação, “Barbeiragem Total”, em 2004, e um filme derivado “Um Salão do Barulho”, estrelado pela personagem de Latifah, em 2005.Fonte: noticias.bol.uol.com.br

Publicado em Plágio de Cinema | Com a tag , | Deixar um comentário

Governo de SP acusa “Folha” de plágio em reportagem e jornal admite o erro

Folha

“Após nove dias de rigorosa apuração, constatamos haver fortes indícios de falsidade ideológica, falsidade material e plágio“, afirmou a Subsecretaria de Comunicação em nota de esclarecimento à imprensa.
De acordo com o governo, a matéria veiculada na publicação usou trechos de uma entrevista concedida pela mexicana ao jornal O Estado de S. Paulo, em novembro de 2014. O órgão apontou ainda que há no texto frases e referências nunca ditas por Blanca.
Também na última quarta (6/4), a Folha admitiu que “partes” da entrevista com a diretora da Divisão da Ciência da Água da Unesco “não constavam das respostas dadas originalmente” e que “há trechos plagiados e frases reformuladas ou tiradas de contexto”.
À Folha, Blanca reforçou que em nenhum momento falou sobre o caso específico de São Paulo. “A entrevista publicada atribui erradamente a mim partes significativas que não refletem minha posição e não são de minha autoria”, declarou.
O autor do texto, o jornalista Robson Rodrigues, era colaborador eventual e não prestará mais serviços para o jornal. Ele afirmou que não “inventou nem copiou nada”. “Assumo a responsabilidade por tudo o que escrevi”, disse. O repórter alegou que seu erro foi ter unido uma entrevista exclusiva e outra coletiva, concedidas pela mexicana durante evento, em setembro do ano passado, no Paraná.
Procurado por IMPRENSA, Sérgio Dávila, o editor-executivo da Folha, comentou o ocorrido. “Além do que publicamos, vale dizer que nossa apuração sobre o caso continua”.
 Fonte: portalimprensa.com.br
Publicado em Plágio de Conteúdo | Com a tag , | Deixar um comentário

Cirque du Soleil processa Justin Timberlake por plágio; compare as músicas

Nesta semana, o Cirque du Soleil entrou com um processo acusando o cantor Justin Timberlake de plágio na música “Don’t Hold the Wall”. Segundo a companhia de performances teatrais canadense, a música lançada no álbum “20/20″, em 2013, copia parte da “Steel Dream”, composição original do Cirque du Soleil, lançada em 1997, no álbum “Quidam”.

O processo foi apresentado em um tribunal federal de Nova York e pede uma indenização de US$ 800 mil, cerca de R$ 3 milhões. Além do Timberlake, o circo também está processando o produtor Timbaland, J-Roc e James Fauntleroy, que ajudaram Justin a compor a canção, além da Sony Entertainment, a Universal Music e a WB Music Corp.

Segundo o site Glamurama, este é o terceiro processo em 2016 que Timberlake responde por plágio. Em janeiro, os músicos da banda Sly, Slick and Wicked alegaram cópia dos elementos da canção “Sho’Nuff” na “Suit & Tie” (sucesso de Justin com Jay Z); e, em fevereiro, foi a vez de Justin e o Will.I.Am serem processados pelo grupo de perfomance PK, pela violação dos direitos autorais da canção “A New Day Is Here At Last” na música “Damn Girl”.

É Plágio? Veja você mesmo os vídeos e tire suas ótimas conclusões:

 

Fonte: bonde.com.br

Publicado em Plágio de Conteúdo, Plágio de Música | Com a tag , | Deixar um comentário

Artista holandês diz que pato da Fiesp símbolo do impeachment é plágio de uma obra sua

Rubber duck, de Florentjn Hofman, foi exposto na capital paulista em 2008; empresa que produziu ambos patos diz que a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo entregou uma foto do trabalho do holandês como referência.

O pato escolhido pela Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) como símbolo da campanha que a entidade protagoniza em favor do impeachment pode ser um plágio. Pelo menos essa é a acusação feita pelo artista holandês Florentjn Hofman, em entrevista concedida à BBC Brasil.

Ele é o autor de Rubber duck, obra exposta em São Paulo e em outras cidades do mundo em 2008. A equipe do artista afirmou que a Fiesp transformou o projeto artístico original em uma “paródia política” e que o uso do desenho é “ilegal” e “infringe direitos autorais”. “Se você estudar e entender esta obra, verá que é feita para ser um projeto não político. É isso que enfatizamos e esperamos que você perceba que eles mataram o espírito da obra”, disse Hofman ao serviço brasileiro da estatal britânica.

Uma fábrica em Guarulhos reconheceu ter produzido tanto o pato de Hofman como o da Fiesp e admitiu que a entidade usou uma foto da obra do holandês como referência. Ainda assim, seu proprietário garante que o símbolo usado pela Fiesp para defender o impeachment é um projeto novo.

A Fiesp negou, à BBC Brasil, as acusações de plágio e afirmou que a inspiração para os patos foram “patinhos de banheira”, sem confirmar se enviou ou não o projeto holandês como referência.

Fonte: boainformacao.com.br

Publicado em Plágio de Conteúdo, Plágio de Imagem | Com a tag , | Deixar um comentário

Cantora Ariana Grande é acusada de plágio

Internautas afirmam que a cantora copiou trechos do hit “Firefly” na canção “Be alright”

plagio

O hit Be alright, que faz parte de Ariana Grande, Dangerous Woman, causou polêmica entre os fãs. Apesar do sucesso da canção, assim como ocorreu com a composição que dá nome ao trabalho, internautas acusaram a cantora de plágio.

Desde que Ariana apresentou a música no programa Saturday night life, surgiram diversas acusações de que ela havia plagiado a música Firefly, lançada no último ano no EP Someday Someday. Até o momento, nenhuma acusação foi feita judicialmente, entretanto, nas redes sociais, os fãs da artista expressam suas frustrações.

Dangerous Woman conta com participações especiais de nomes como Nicki Minaj, que já dividiu as canções Bang bang e Get on your knees com a norte-americana. Ariana também confirmou a presença de Lil Wayne no terceiro disco da carreira.

É Plágio? Veja os vídeos você mesmo e tire suas próprias conclusões.

Fonte: diariodepernambuco.com.br

Publicado em Plágio de Música | Com a tag , | Deixar um comentário

Mark Wahlberg e Dwayne Johnson são processados por plágio

Mark Wahlberg e Dwayne Johnson são os produtores da série Ballers, da HBO. Mas há quem diga que as ideias por trás da produção não vieram das cabeças deles.

Ambos estão sendo processados por plágio por Everette Silas e Sherri Litleton, que afirmam ser os verdadeiros criadores da trama.

De acordo com o programa de TV E! News, Everette e Silas alegam que em 2008 entraram em contato com Wahlberg e Johnson para apresentar a ideia de uma série sobre futebol americano chamada Off Season. Ao saberem que não levariam os créditos pela série, acabaram abandonando o projeto.

Agora, os dois tentam provar que Ballers tem semelhanças demais com Off Season em relação a enredo, aparência física dos personagens e seus carros, cenas e detalhes da história.

A série Ballers já foi até renovada para a segunda temporada. Por enquanto, Mark Wahlberg e Dwayne Johnson não se pronunciaram sobre o assunto.

Fonte: folhavitoria.com.br

Publicado em Plágio na TV | Com a tag , | Deixar um comentário

Rita Ora é acusada de plágio e pode ter que pagar US$ 24 milhões

Muitos problemas para Rita Ora. A cantora está sendo processada por Abiodun Oyewole com uma acusação de plágio no single “How We Do (Party)”, lançado em 2012. Abiodun entrou com a papelada na Corte Federal de Nova York, nesta semana, afirmando que teve seus direitos autorais infringidos com essa música, que copiaria “Party and Bullshit”, lançada por ele em 1993. Abiodun pede uma compensação de US$ 24 milhões por ter parte da letra copiada “sem consentimento ou autorização”.

A batalha legal também nomeia todo o time envolvido em “Party and Bullshit”, como The Runners The Monarch, Kuk Harrelll, Kelly Sheeehan, Bonnie McKee e Easy Mo Bee. Essa música foi platina dupla na Austrália e nº 1 na parada britânica e na parada dance da Billboard, nos Estados Unidos.

É Plágio ? Veja você mesmo os vídeos e tire suas próprias conclusões:

Fora isso, Rita também briga na Justiça com Jay Z. Ela entrou com um processo contra a Roc Nation para conseguir quebra de contrato, alegando descaso com sua carreira, e o rapper e empresário a processou de volta, para garantir que, se o contrato for quebrado, ela pagará a multa devida.

Fonte: uol.com.br

Publicado em Plágio de Música | Com a tag , | Deixar um comentário

Lady gaga é acusada de plágio pelo clipe de “Born This Way”

gaga2

A acusação veio da artista francesa Orlan.

2016 já começou, então que venham as acusações de plágio! Desta vez, a acusada é ninguém menos do que Lady Gaga. Orlan, uma artista francesa, alega que o vídeo de “Born This Way” é uma cópia de uma arte sua e, por isso, pede uma indenização.

O processo não começou hoje, não. Na verdade, Mireille Porte (nome original da artista) começou com a papelada em 2013, em Paris, só que tudo a acusação só chegou nos Estados Unidos agora. A quantia por plágio pedida é de US$ 31,7 milhões.

Orlan é famosa pelas cirurgias que fez no rosto. Ela colocou os “mesmos” implantes usados por Gaga no vídeo, ao vivo, o que pode ser considerado um pequeno atentado à sua arte. “Seja na França ou nos Estados Unidos, a arte de Orlan deve ser protegida. Nós esperamos que os membros criativos de Lady Gaga ajudarão a corte francesa a decidir o caso”, explicou o advogado da acusação.

Os representantes da loira, no entanto, disseram que o caso nem existe mais. “Isso nada mais é do que uma tentativa da imprensa americana de ganhar cobertura em cima de um caso já arquivado há anos, na França”, comunicaram.

É plágio? Veja você mesmo vídeo e tire suas próprias conclusões:

Fonte: mixme.com.br

Publicado em Plágio de Clipes | Com a tag , | Deixar um comentário

TV dos Estados Unidos é acusada de plágio por nova novela

A Telemundo, rede voltada ao mercado latino nos Estados Unidos, está sendo acusada de plágio depois que anunciou a gravação de uma nova novela.

“Eva la Trailera” conta a história de uma mulher que ganha a vida dirigindo o seu caminhão por todo o país. Protagonizada pela atriz Edith González, a trama já ganha críticas ferrenhas de outra atriz mexicana.

De acordo com a imprensa do México, Rosa Gloria Chagoyán está acusando ainda extrainformalmente a Telemundo de copiar o seu filme “Lola la Trailera”, que a deixou muito famosa na década de 80.

A emissora defende que a história é original e que não está copiando nenhum filme.

A atriz Edith González preferiu não comentar o assunto, mas revelou que está muito feliz em poder fazer o papel de uma mulher tão guerreira.

Fonte: boainformacao.com.br

Publicado em Plágio na TV | Com a tag , | Deixar um comentário