Cirque du Soleil processa Justin Timberlake por plágio; compare as músicas

Nesta semana, o Cirque du Soleil entrou com um processo acusando o cantor Justin Timberlake de plágio na música “Don’t Hold the Wall”. Segundo a companhia de performances teatrais canadense, a música lançada no álbum “20/20”, em 2013, copia parte da “Steel Dream”, composição original do Cirque du Soleil, lançada em 1997, no álbum “Quidam”.

O processo foi apresentado em um tribunal federal de Nova York e pede uma indenização de US$ 800 mil, cerca de R$ 3 milhões. Além do Timberlake, o circo também está processando o produtor Timbaland, J-Roc e James Fauntleroy, que ajudaram Justin a compor a canção, além da Sony Entertainment, a Universal Music e a WB Music Corp.

Segundo o site Glamurama, este é o terceiro processo em 2016 que Timberlake responde por plágio. Em janeiro, os músicos da banda Sly, Slick and Wicked alegaram cópia dos elementos da canção “Sho’Nuff” na “Suit & Tie” (sucesso de Justin com Jay Z); e, em fevereiro, foi a vez de Justin e o Will.I.Am serem processados pelo grupo de perfomance PK, pela violação dos direitos autorais da canção “A New Day Is Here At Last” na música “Damn Girl”.

É Plágio? Veja você mesmo os vídeos e tire suas ótimas conclusões:

 

Fonte: bonde.com.br

Esta entrada foi publicada em Plágio de Conteúdo, Plágio de Música e marcada com a tag , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *